Alimentos que ajudam a controlar o ácido úrico




8 itens que ajudam a eliminar o problema

Retiradas dos frutos maduros, as sementes de abóbora são benéficas para quem sofre com ácido úrico

Algumas pessoas sofrem com o excesso de ácido úrico no organismo. Quando os níveis não estão equilibrados, seja por causa de algum problema de saúde ou por medicamentos, pode acontecer infarto, AVC, cálculo renal ou gota, que nada mais é do que o ácido acumulado nas articulações e calcificado no local. Essa calcificação causa  dor e, em muitos casos, é necessário fazer cirurgia, já que os movimentos das articulações ficam restritos. Quem tem predisposição a ter ácido úrico alto precisa tomar cuidado com alguns alimentos e também inserir bons itens na dieta.

Segundo a nutricionista Karla Vilaça, da Nutrenza Assessoria Nutricional, embutidos, como salsicha e presunto, bebidas alcoólicas, caldo de carne, frutos do mar, alguns peixes gordos, como o bacalhau e o salmão, além de tomate, aspargos, cogumelos, ervilha e couve-flor devem ser evitados. Esses alimentos podem aumentar a retenção de ácidos no corpo.

Beber bastante água ajuda a eliminar o ácido úrico do organismo, segundo a nutricionista. “O que pode acontecer é o organismo produzir mais ácido úrico por causa de algum problema – que deve ser investigado por um médico –, mas também a pessoa estar eliminando menos pela urina, por não beber tanta água”, recomenda.

Além de se hidratar bem, aliar a alimentação na luta contra o excesso do ácido úrico é uma boa estratégia. Karla explica que alguns alimentos que são alcalinizantes e que ajudam no processo de eliminação desse ácido.

> Veja 8 alimentos bons para controlar ácido úrico e procure inseri-los na dieta:

Cenoura. Foto: Getty Images
Laranja. Foto: Thinkstock/Getty Images
Limão e outras frutas ricas em vitamina C. Foto: Thinkstock/Getty Images
Café. Mas atenção: quem tem restrições à cafeína (como taquicardia ou problemas cardíacos) ou gastrite deve evitar o café. Foto: Thinkstock/Getty Images
Cebola. Foto: Getty Images
Sementes de abóbora. Foto: Thinkstock/Getty Images
Café. Mas atenção: quem tem restrições à cafeína (como taquicardia ou problemas cardíacos) ou gastrite deve evitar o café.

 

COMPARTILHEM!


Loading...